Vista Algo Revelador - Seja Discreta



“A mulher virtuosa não se esconde aos homens, mas revela a eles sua dignidade”. A discrição do corpo favorece a revelação da alma. Nesta primeira parte do resumo do décimo capítulo do livro “Como Encontrar Sua Alma Gêmea Sem Perder Sua Alma” o casal católico Jason e Crystalina Evert discorre sobre as vantagens ser discreta ao se vestir.


Vista algo revelador – seja discreta

A mulher é a mais linda visão sobre a terra. Se uma companhia quiser que as pessoas observem seus anúncios, não irá pôr neles uma borboleta, mas uma mulher. Uma vez que as mulheres foram presenteadas com a habilidade de cativar os outros sem dizer uma palavra, elas possuem um poder único. A pergunta é: como você usará esse poder?

Tudo menciona mulheres: “Se você o conseguiu, faça alarde. Mostre um pouco de pele”. O que o mundo não vê é que a mulher revela mais de si quando se veste discretamente. Pela modéstia, a mulher revela que tem mais a oferecer do que o seu corpo. É um convite para que os outros considerem que seu verdadeiro valor reside no interior.

Em nossa cultura, raramente as mulheres são tocadas de modo carinhoso, não sexual. Poucas experimentam a liberdade e alegria de serem amadas por um homem cujos motivos são puros. Por esse vácuo, muitas recorrem a roupas extremamente sensuais como um ato de desespero por serem notadas. O problema é que isso funciona: ela consegue um homem pelas razões erradas.

Não há nada de errado em optar por atitudes que te deixam confiante, o problema surge quando isso é feito à custa dos outros. As pessoas dizem que a futilidade das mulheres falha no respeito para com elas próprias. Mas a futilidade das mulheres também falha no respeito para com os homens. Paula Rinehart observou que “respeitar um homem torna inimaginável seduzi-lo para granjear sua afeição”. Pense nos homens ao escolher seus adereços. Se soubesse o que se passa na mente de muitos, teria medo de vestir-se indiscretamente.


BIQUÍNIS, FERRAMENTAS E SONDAGENS CEREBRAIS

Universitários da Princeton participaram de pesquisas para avaliar a reação do cérebro masculino vendo mulheres com biquínis. Por uma fração de segundo eram mostradas fotos de mulheres vestidas com biquínis e outras de pessoas vestidas com discrição. Ao ver mulheres seminuas, a parte do cérebro associada ao uso de ferramentas iluminou-se. Por outro lado, a região do cérebro associada à análise de pensamentos, intenções e sentimentos humanos – o córtex mediano pré-frontal – foi desativada.

Susan Fiske, professora de psicologia da instituição, observa: “Há um estudo preliminar compatível com a ideia de que eles respondem a tais fotografias como se respondessem mais exatamente a objetos do que pessoas”, e continua: “a falta de ativação nessa área de cognição social é incalculável, pois quase nunca acontece”.

Os que conhecem as origens do biquíni não se chocaram com essas averiguações. O biquíni foi inventado por um engenheiro de automóveis, Louis Reard, que trabalhou no comércio de lingerie de sua mãe. Ao criar os primeiros maiôs de duas peças separadas, teve de contratar uma stripper para estrear a roupa, já que nenhuma modelo queria usá-lo. Há mais de meio século, as modelos francesas consideraram como certo o que hoje surpreende cientistas da Princeton.


PURA SEDUÇÃO

É por meio da vestimenta que os homens identificam prostitutas na rua. Nem todos param para uma prostituta e nem todos respeitam uma menina discreta. Mas eles sabem onde elas se encontram. Uma mulher deveria ser respeitada independentemente da vestimenta; mas é contraproducente vestir-se de modo provocante e esperar reverência da parte dos homens.

O impacto da modéstia nos homens raramente é explorado. Ela convida os homens a considerarem o que uma mulher tem a oferecer. Se o biquíni transforma as mulheres em objeto, a modéstia as personaliza. A mulher virtuosa não se esconde aos homens, mas revela a eles sua dignidade. Ao escrever sobre o mistério da Encarnação, São Beda declarou que Jesus estava a dizer o seguinte:

Estou coberto por um invólucro de carne não para me esconder dos que me procuram, mas para que possa ser menos luminoso em relação ao que é fraco. Deixe-os curarem os olhos de suas mentes e purificarem seus ouvidos com fé, de tal modo que possam ser merecedores de me tomarem em consideração. Para que sejam ‘Bem aventurados os puros de coração, porque verão a Deus’.

Analogamente, poderia se dizer da mulher que se veste com modéstia: “Estou coberta por um invólucro de modéstia, não para esconder-me dos homens que me procuram, mas para ser menos luminosa em consideração ao que é fraco. Deixe-os curarem os olhos de suas mentes e purificarem seus ouvidos com fé, a fim de serem merecedores de me tomarem em consideração”.

O corpo da mulher deve ser uma janela para o Céu, translúcido, ou seja, um ícone. À medida em que deixa de apontar o Céu para apontar a si próprio, torna-se opaco, e consequentemente um ídolo. Santo Tomás diz na Summa que a sensibilidade à vergonha é um medo saudável de ser inglório. Isto não é falta de humildade, pois ser humilde é andar na verdade e a verdade é que existe glória na maneira como uma mulher foi criada.


AS VANTAGENS DE VESTIR-SE DISCRETAMENTE

1. Você tem mais questões a revelar. Nas palavras de Wendy Shalit, “alguém que está quase nu diante de estranhos deixou pouco a revelar ao seu amado”. Visto que não está expondo a si ao público em geral, você diz que sua sexualidade é sua, não deles.

2. Feminilidade inspira autêntica masculinidade. A feminilidade autêntica associa classe, virtude e ternura. Com esses traços, um homem irá naturalmente querer ser mais que um cavalheiro. Enquanto a futilidade alavanca a impaciente luxúria, a modéstia envia um convite e desafio a amar.

3. A modéstia estabelece o tom de um relacionamento. Jason: a futilidade não inspira coragem num homem, mas sim luxúria. Se um homem quer você o bastante, ele irá procurá-la. Portanto, faça-nos um favor vestindo-se de um jeito que nos mostre que você vale mais que a soma de suas partes.

4. Modéstia mostra que você compreende e respeita o sexo oposto. Quando Adão viu Eva pela primeira vez, o corpo dela revelou a ele que eles tinham sido programados para se tornar um só. Seus corpos revelaram seu chamado ao amor e a doação de si um ao outro. Por causa do pecado original, renegamos a inocência original. Tipicamente, quando um homem tem em vista o corpo de uma mulher, não aprecia simplesmente sua feminilidade. Nossa luxúria desordenada se coloca no caminho do chamado ao amor. A beleza do corpo, em vez de ser ícone que lembra a beleza da pessoa, se torna ídolo que nos distrai dela.

Quando uma mulher se revela em excesso ante do matrimônio, poderá ver excitação na face de um homem, mas saberá que falta reverência. Optando pela modéstia, você ajuda os homens a reconhecerem seu chamado a amar.

5. A modéstia traz à memória seu valor. Se uma menina deseja reivindicar que a autoridade se pronuncie contra homens desonrosos, terá mais confiança em suas afirmações se for discreta no modo de vestir-se. Suas palavras terão maior efeito, pois não estará proclamando uma mensagem diferente do que pratica. Quando uma mulher opta em vestir-se decentemente, está consciente de que suas vestes refletem seus padrões.

6. Os homens não ficam aborrecidos com mulheres discretas. Embora muitos homens sejam arrastados mais rapidamente a mulheres que se vestem sensualmente, observe quão rapidamente o interesse se desfaz. A modéstia inspira um fascínio permanente, pois retém o elemento de mistério e dirige sua atenção para mais do que é exterior. Os homens podem ser um mistério por serem patéticos em comunicação. Mas vocês são misteriosas por serem mulheres. Guardem esse mistério, considerando seu corpo como um segredo a ser revelado só àquele que merece conhecê-lo.


No próximo post sobre o décimo capítulo do livro “Como Encontrar Sua Alma Gêmea Sem Perder Sua Alma” o casal católico Jason e Crystalina Evert discorre como e porque ser discreta.

Cleiane Nunes

Comentários